Novo Concurso do TJ-SP 2021 – Previsão de Edital

Categorias: 2021 - Concursos 2021 - Concursos públicos - São Paulo - TJ-SP

Editais para escrevente devem ser publicados no segundo semestre de 2021.



Já é sabido que um Escrevente Técnico Judiciário ganha razoavelmente bem para um cargo público que exige apenas o Ensino Médio, a questão é: O que faz esse profissional?

Podemos adiantar que a função é administrativa e que esse cargo diz respeito a pessoa responsável por tratar de processos diretamente, emitindo mandados e ofícios, assim como acompanhar os mesmos. A contratação se dá pelo TJ (Tribunal de Justiça), nesse caso de São Paulo/SP.

O atendimento ao público, principalmente advogados, é algo comum na função e, apesar de não ser uma exigência, saber lidar com o público pode ajudar a desenvolver a função com mais qualidade e eficiência.

Pode até parecer fácil, porém aqueles que já atuam na função alegam não ser possível ter experiência prévia nesse ramo, pois as atividades precisam ser aprendidas diariamente e na prática. Por isso, mesmo que qualquer pessoa possa se tornar um escrevente, as atividades exigem responsabilidade e dedicação.



De forma geral, os aprovados como Escrevente Técnico Judiciário atuam em cartórios, mas em alguns casos, pode acontecer de, alguns deles, serem indicados a atuar diretamente com um juiz e vara específicos, auxiliando em audiência e despacho de processos.

Informações Gerais

O último levantamento, mostrou que há mais de 5.500 vagas para escrevente técnico judiciário, o que significa que a previsão de abertura para esse cargo em 2021, promete ser uma das melhores opções para entrar para o funcionalismo público.

A exigência, no quesito escolaridade, é o ensino médio, o que já amplia bastante o horizonte daqueles que ainda não tiveram oportunidade em iniciar ou concluir o ensino superior e se veem presos a salários baixos, quando se fala em atuar como funcionário público.

A previsão de taxa de inscrição para o concurso, é no valor de R$ 79,00 (setenta e nove reais), vez que houve um ajuste realizado pela Vunesp para os cargos que exigem ensino médio.

Henrique Luiz Monteiro, superintendente da Vunesp, afirmou que há uma enorme chance de o edital ser divulgado ainda no primeiro semestre e com uma boa quantidade de vagas.

Levando em conta que o último concurso publicou 590 vagas e ainda está utilizando a lista de aprovados para contratação, entende-se que dessa vez, o número de posições possa ser maior, pois de 2017 até aqui, foram nomeados 1761 aprovados.

Os requisitos pautados nos anos anteriores

Para ser Escrevente Técnico Judiciário é necessário ter concluído apenas o Ensino Médio e ser aprovado no Concurso Público, que terá seu Edital divulgado ainda esse ano.

Por ser a Vunesp que sempre realiza este concurso, estima-se que não haverá alteração e que a prova contará com 100 questões de múltipla escolha, contemplando as matérias de costume, como: raciocínio lógico; língua portuguesa; matemática; direito processual, penal, constitucional, civil e administrativo; atualidades, normas da CGJ e informática.

A segunda fase, costuma ser um teste prático de formatação de texto e informática.

Os últimos concursos

Realizados em 2017 e 2018, os últimos concursos para contratação de Escrevente Técnico Judiciário contrataram cerca de 1700 pessoas, o prazo de validade do último, ainda está ativo até Outubro deste ano, 2021.

Por isso, a incerteza sobre as datas e número de vagas.

Previsão de salário

A remuneração inicial é cerca de R$ 6.301, 71 (seis mil, trezentos e um reais e setenta e um centavos), incluindo o salário base, acrescidos de vale alimentação e auxílio-saúde. Desse valor, os aprovados que possuírem graduações escolares (ensino superior, pós, mestrado e/ou doutorado) ainda garantem uma bonificação adicional, podendo ter um plus no valor inicial.

Acredita-se que a contratação será realizada em grande parte para São Paulo e região metropolitana, trazendo ótima oportunidade para os moradores dessas regiões, sem excluir os demais, visto que não há restrições para não residentes dessas localidades.

Carol de Castro



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *