Concurso TJDFT 2022 – Inscrições Abertas


O certame do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios segue com as inscrições abertas até o dia 14 de março.

Se você estuda para obter aprovação em concurso público e alcançar estabilidade laboral e financeira, confira aqui uma ótima chance de realizar esse seu sonho. As inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios começaram em 7 de fevereiro. São oferecidas mais de 100 vagas para diversas áreas de formação de nível superior e médio. A remuneração pode chegar a R$ 12 mil. Quem desejar saber outros detalhes do certame do TJDFT pode conferir a matéria a seguir.


Sobre as inscrições no concurso público do TJDFT

O edital foi publicado dia 28 de janeiro (sexta-feira) e estabelece que o prazo de inscrição vai de 7 de fevereiro (segunda-feira) a 14 de março (segunda-feira). Para isso, é necessário acessar o site da banca contratada para ser a organizadora do certame, a Fundação Getúlio Vargas – FGV.


Depois de preencher a ficha de cadastro, lembre-se de emitir e pagar o boleto. O prazo final para pagamento é na terça-feira, 15 de fevereiro.


Os valores das taxas são R$ 120 para cargos de nível superior e R$ 80 para os de nível médio.


Se você estiver inscrito no o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – Cadúnico e for membro de família de baixa renda ou doador de medula óssea, devidamente registrado em instituição de saúde, poderá solicitar isenção do pagamento.

Sobre as vagas disponíveis no TJDFT

As vagas a serem preenchidas de forma efetiva somam o total de 88 para cargos que exigem diploma de graduação e 24 para nível médio. Além das oportunidades para candidatos de ampla concorrência, há vagas reservadas para pessoas com deficiência e também para pretos e pardos.

A remuneração vai de R$ 7,5 mil até R$ 12,4 mil. Para todos os cargos a jornada de trabalho é de 40 horas por semana.

Os cargos disponíveis no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios são: Analista Judiciário e Técnico Judiciário. As especialidades para técnico são: área administrativa e enfermagem. Já para analista os postos de trabalho são para as seguintes formações: engenharia elétrica, administração, psicologia, análise de dados, contabilidade, segurança da informação, arquivologia, serviço social, análise de sistemas, estatística, suporte em TI, medicina do trabalho, judiciária, oficial de justiça e psiquiatra.

Quais os requisitos para ser analista e técnico judiciário no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios?

Além de possuir escolaridade compatível com o cargo, é necessário que o candidato atenda às seguintes exigências previstas no edital do certame: obter aprovação no concurso público, ter idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, não ter qualquer pendência na justiça militar ou eleitoral, estar em gozo pleno dos direitos políticos, entre outros requisitos estabelecidos no edital do concurso público do TJDFT.

Sobre as provas do concurso do TJDFT

Os candidatos farão duas provas, sendo uma objetiva com 60 quesitos sobre assuntos básicos e específicos do cargo e uma discursiva. Ambas serão aplicadas na mesma data, 29 de maio (domingo). Quem concorrer para analista fará as avaliações das 8h às 13h. Os que fizerem para técnico, terão das 15h às 19h para responderem os quesitos e marcarem o cartão de resposta.

Durante a realização das provas, os candidatos devem respeitar as regras sanitárias.

Outras informações sobre o concurso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios

O edital prevê que este concurso seja válido por 2 anos, mas considera que, caso seja do interesse do órgão do Poder Judiciário, pode haver prorrogação por igual tempo, contando da data em que o certame for homologado.

Para saber mais informações e detalhes sobre o concurso do TJDFT, acesse o site da FGV (conhecimento.fgv.br/concursos/tjdft22).

Por Melisse V..



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.