Concurso TJ-SP 2015 abre 30 vagas para Contador Judiciário


Concurso TJ-SP 2015 abre 30 vagas para Contador Judiciário

Categorias: Concurso 2015 - Nível Superior - São Paulo - Tribunal de Justiça

A partir do dia 6 de março de 2015 vai ser possível se inscrever no novo concurso público que foi lançado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ – SP). O órgão relata que o certame foi criado com a intenção de preencher 30 vagas de trabalho, e as propostas são direcionadas a candidatos de nível superior.

Serão 28 vagas para alta concorrência e 2 delas serão reservadas para os candidatos que possuem necessidades especiais.

Os interessados deverão ter o perfil para exercer as atividades de Contador Judiciário. Para se candidatar é necessário ser formado na área de Ciências Contábeis, ou a conclusão deverá acontecer até a data da posse. É necessário ter também Registro Regular no Conselho Regional da Classe.

O valor que vai ser pago aos novos Contadores Judiciários será de R$ 5.688,56, por uma jornada de 40 horas semanais. Alguns benefícios poderão ser incluídos como, por exemplo, o auxílio alimentação, auxílio saúde e auxílio transporte.

As inscrições estarão sendo recebidas até o dia 6 de março de 2015 pelo site da empresa que está responsável por organizar todas as etapas do processo, que é a Vunesp. O endereço eletrônico que deve acessar para preencher a ficha é www.vunesp.com.br.

Para validar a sua participação no concurso, realize o pagamento de uma taxa obrigatória. O valor cobrado é de R$ 68,00. Confirme se sua inscrição foi feita corretamente a partir do dia 13 de março de 2015.

Confirmando a sua inscrição, o ideal é que comece a se preparar para participar do processo seletivo, que vai ser composto por Prova Objetiva. Esse exame está previsto para ser aplicado em 26 de abril de 2015.

Leia também:  Concurso Prefeitura de Vitória (ES) 2015 tem vagas abertas

Haverá questões de múltipla escolha de português, matemática, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

Esse concurso vai ter a validade de um ano, a contar da data da sua homologação, podendo ser prorrogado por mais 12 meses. 

Por Yasmin Fernandes Robles

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *